Agems lança aplicativo MS TRIP com informações e serviços para quem viaja de ônibus em MS

Agems lança aplicativo MS TRIP com informações e serviços para quem viaja de ônibus em MS

Compartilhe este conteúdo:

O aplicativo “MS Trip” já está disponível para uso de quem viaja de ônibus em Mato Grosso do Sul. A ferramenta ainda é um projeto piloto e foi lançada na segunda-feira (13) pela Agems (Agência Estadual de Regulação).

Com o aplicativo é possível pesquisar linhas e horários para todos os destinos dentro do Estado e ser direcionado para sites de vendas ou WhatsApp das transportadoras para aquisição de passagem. O App é inédito entre as agências reguladoras estaduais. 

“Estamos modernizando o serviço, construindo um sistema melhor para o cidadão viajar. E a informação rápida, acessível, na palma da mão, é mais um compromisso nosso com essa modernização”, afirmou o diretor-presidente da Agência, Carlos Alberto de Assis.

Além da consulta para compra de passagem e horários, a ferramenta também tem menus com outras informações. Tem ouvidoria com todos os canais de contato da Agems para registro de reclamações, sugestões ou outras solicitações; e informações para que o usuário encontre uma série de dicas e esclarecimentos de dúvidas.

Como funciona – Primeiro, é preciso baixar o “MS Trip” na loja de aplicativos do celular.

Para buscar opções de passagem, basta informar a origem e o destino, indicar se quer passagem somente de ida ou de ida e volta, e escolher a data.

O sistema vai listar todas as empresas que operam a rota, com seus respectivos horários, bem como o valor da tarifa base aprovada pela Agência – sem encargos e taxas adicionais, como pedágio, taxa de embarque, e seguro facultativo. O usuário terá o valor final de pagamento no momento de compra junto à empresa.

Depois, é disponibilizado as opções “Tenho Interesse“, que direciona a um site de vendas, ou “Contato”, para falar com um atendente da transportadora via WhatsApp. Todo o processo de venda de bilhete é feito diretamente com a empresa, sem intermediação da Agems

Compartilhe este conteúdo: