Fogo atinge ponte de 90 metros na Estrada Parque

Fogo atinge ponte de 90 metros na Estrada Parque

Compartilhe este conteúdo:

Diário Corumbaense

Ponte de 90 metros de extensão localizada na MS-228 (Estrada Parque), entre o Porto da Manga e Curva do Leque foi atingida por incêndio florestal na terça-feira (18). Além da vegetação seca e dos ventos intensos, militares do Corpo de Bombeiros encontraram dificuldades para combater o fogo porque também havia muito óleo na estrutura, que acelerou a combustão.

De acordo com o jornal Diário Corumbaense, que entrou em contato com assessoria de imprensa da Agesul (Agência de Gestão e Empreendimentos de MS), um desvio próximo, feito durante a construção da ponte de madeira, está sendo reativado para garantir a passagem de veículos. O órgão também realiza levantamento dos danos causados pelo fogo para promover os reparos necessários.

A Estrada Parque, composta pelas rodovias MS-228 e MS-184, tem 120 km de estrada de terra que cortam o Pantanal Sul, ligando Corumbá ao entroncamento na BR-262, chamado de Buraco das Piranhas. A MS-228, que também dá acesso à região da Nhecolândia, tem 26 vazantes em madeira e a MS-184, 56 pontes.

Devastação

O fogo já consumiu 338.675 hectares do Pantanal em Mato Grosso do Sul, área que equivale a 313,5 mil campos de futebol. Somente na região da Serra do Amolar foram 114,97 mil hectares. Em comparação a 2023, foram 17.050 hectares queimados no Pantanal, o que representa, atualmente, alta de 1.886,4%.

Os dados são do período de 1º de janeiro a 16 de junho e fazem parte do relatório do  Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima de MS), com base em informações da Lasa (Laboratório de Aplicações de Satélite) e do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

Já o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), informa que Corumbá é a cidade com mais focos de incêndios florestais em todo o País, com 1.362 focos, este ano. Desse total, só em junho já são 1.035 focos de calor.

Compartilhe este conteúdo: